Páginas

quinta-feira, 26 de junho de 2014

A Papisa Joana


Bom, como não se tem nenhum documento comprovando a existência da Joana, irei tirar as informações de um livro que li sobre a Papisa da Donna Woolfolk.

Joana nasceu em Igelheim norte do estado da Baviera, com seus dois irmãos Mateus e João. Seu pai era um cônego inglês que se casou com uma saxônica ( Sim, o padre se casou e teve três filhos). No livro diz que ele a obrigou se com ele e também a se converter ao catolicismo, mas ela nunca deixa de adorar seus deuses saxões.

Desde pequena Joana sempre se interessou em aprender, mas não podia mostra esse interesse para seu pai, pois ela nascera em uma época totalmente machista onde as mulheres nasciam basicamente para procriar. Seu irmão, Mateus, começa a ensina-la a ler e escrever escondidos do pai, então ele morre. Depois de um tempo seu pai pede para um tutor dar continuidade aos estudos de João, mas ele fica impressionado  mesmo é com a filha e só topa ensinar o menino se puder ensina Joana também e ela demostra um grande desempenho até que seu tutor vai embora, mas promete ajuda-la a entra na escola. Depois de algum tempo chegou o pedido do bisbo local para o cônego enviar Joana à cede da diocese. Chegando la ela passa por uns exames ao qual todos se surpreendem por ela ser mulher porém ser mais inteligente que muitos homens ali presentes.

Por ela ser mulher ela não poderia ficar nos alojamentos com dos rapazes, então o conde  Gerold ofereceu sua casa para Joana ficar. Ela sofreu muito na mãos dos rapazes que estudavam junto com ela então um dia resolveu fugir para o mosteiro de  Fulda, onde apareceu já como João. Ela se destaca novamente por sua inteligencia e um monge médico resolve ensina-la medicina e com o tempo ela se torna o melhor medico do convento e sua fama chega até Roma, no momento em que reinava o papa Leão IV que estava muito doente de certo, então os cardeais chamara Joana para poder cuidar dele, depois de curado o papa agradecido nomeia Joana como cardeal.

Vale lembrar que naquela época o papa era escolhido a voto do povo e Joana ja era famosa em Roma pois se preocupava muito com os pobres e ganhara a admiração do povo. Quando o papa Leão IV morre o povo elege Joana a papa e ela como João VII.
Lembra do conde Gerold? Então, com os tempo os dois se apaixonaram e ela ia para Roma visitar Joana, até que um dia ele a engravidou. Como a roupa papal é grande e larga ela consegui esconder a gravidez por um tempo, mas por algum motivo enquanto estava em uma procissão Joana passou mal e começou a dar a luz ao seu filho. Bom, a parti daqui existe varias teorias sobre como foi sua morte, uns acreditam que ela morreu devido ao parto precário, outros que ela fora apedrejada, no livro diz que ela morrera devido ao parto, então vamos levar essa hipótese. O ano de sua morte foi

E a história termina por aqui, pois é  até onde a igreja católica nos permite saber, além dela negar tudo isso.
Mas existe muitas comprovações de estudiosos sobre o assunto e vale muito a pena pesquisa sobre o assunto e saber mais dessa história fascinante!